fbpx
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur.
Contact us now +1128 5255 8454
support@elated-themes.com

Instagram Feed

Title Image

Blog

Home  /  Blog   /  As mídias sociais do médico são um gatilho para convencer o paciente indeciso!

As mídias sociais do médico são um gatilho para convencer o paciente indeciso!

Os tempos mudaram não é mesmo? Notamos alteração no comportamento das pessoas em todas as áreas e, não poderia ser diferente, na hora de procurar por uma consulta médica.

Atualmente, antes de agendar uma consulta, o paciente irá fazer uma busca na internet, a fim de stalkear a mídia social do médico. Isso mesmo! O futuro paciente procura fotos e vídeos, nos quais possam “conhecer” o médico ou a clínica.

Isso não tem nada demais não, ao contrário, a intensão da pessoa é investigar se o especialista é experiente no assunto, se ele sabe se expressar, perceber como é o consultório, o que os pacientes falam sobre os seus serviços etc.

O que acaba sendo muito bom, pois funciona como um “atalho”. Mesmo com a velha indicação, o famoso boca a boca, o paciente tende a fazer a pesquisa.

Aí, as mudanças começam na procura pelo profissional e se confirmam no momento da chegada ao consultório. Se no passado, a identidade do médico era uma surpresa, pois o paciente só iria conhecê-lo na consulta, atualmente, é comum que se diga:
“Te conheci pelo vídeo Doutor! Me interessei pela sua explicação no assunto que eu estava justamente precisando!”

Muitas vezes, o paciente pesquisa tanto, que sabe até informações pessoais do médico, como família, por exemplo.
É, os hábitos de consumo mudaram em praticamente todos os mercados, e não poderia ser diferente na medicina.
Então, que fique claro aos médicos: os pacientes pesquisam sobre a sua marca, aliás, sobre a sua vida profissional e pessoal também. E quanto mais informações positivas forem encontradas a seu respeito, maiores serão as chances de você ser o especialista escolhido.
Antes de qualquer compra, nós (consumidores) pesquisamos a fundo o produto ou a marca daquilo que pretendemos adquirir, pois a facilidade da internet nos permite isso num simples clique.

 

Mas será que todo médico deveria ter um perfil profissional nas mídias sociais? A resposta é sim!

Não só porque as mídias sociais são excelentes canais de marketing para ser encontrado por novos pacientes. Mas também, porque elas são um endosso indispensável na atualidade, ou seja, as mídias sociais ajudam a convencer o paciente indeciso no momento de escolha.
Existem as estratégias de marketing que chamamos de porta de entrada, como o Google, Doctoralia, Youtube, relações públicas, indicações de convênios e boca a boca, por exemplo. Eles conseguem unir pacientes que buscam serviços médicos em suas regiões.
Após o paciente se deparar com a marca do médico, o segundo passo é o momento de stalkear as mídias sociais.

É um erro, portanto, ter como única estratégia de marketing médico as mídias sociais, pois elas têm mais força de endosso do que de porta de entrada. Ou seja, a melhor opção quando o nome do médico estar em plataformas como o Google e também nas suas mídias socias ativas e atualizadas.

Aliás, vamos falar sobre isso: não adianta nada uma página no Instagram, ou outra, desatualizada.
É claro que o médico não precisa ser um digital influencer, pois a maioria não teria tempo para isso, O ideal é que o profissional poste pelo menos, entre uma e três vezes por semana nas suas mídias sociais.

Já ficou claro que as redes sociais não devem ficar desatualizadas, mas junto delas, merecem atenção e verba, aqueles que chamamos de porta de entrada. Juntos, eles formam um aliado imbatível do médico nesse mundo midiático.

 

Mas e quando o médico tem receio ou vergonha de se expor?

Este profissional, geralmente, busca ser discreto e não costuma expor a sua imagem pessoal nas mídias sociais. Ele publica artigos ou imagens relacionados a patologias e tratamentos, mas não é só isso que o paciente deseja encontrar.

Ao stalkear, o paciente quer conhecer o médico fisicamente, e a partir daí, avalia se o profissional transmite confiança ao falar e se os seguidores interagem com ele.

Por isso, é tão importante que o profissional tenha sempre fotos pessoais atualizadas e se possível, grave vídeos explicativos sobre patologias e tratamentos nas suas mídias sociais.

O vídeo tem poder de persuasão.

Através do vídeo, o paciente além de ver o médico, conseguirá escutá-lo e observar certas peculiaridades como sentimentos, personalidade e entendimento do assunto. O médico pode rechear sua página, quebrando um pouco os protocolos, com fotos em momentos de lazer, como viagens e eventos. Isso aproxima o paciente, pois ele se sente mais “íntimo” e passa a enxergar aquele profissional como alguém próximo.

Quanto mais competente e simpático o médico parecer, maiores serão as chances de sucesso frente ao seu público. Imagem é tudo!

× Como posso te ajudar?